quinta-feira, 16 de julho de 2009

Nova Lei de Adoção

Olá amigos!!
 
Mantendo-os informados sobre a nova lei de adoção nacional. Posto aqui o vídeo da matéria que foi exibida no Jornal Hoje da Rede Globo e o texto da matéria que foi exibida no Jornal Nacional, Pois o vídeo ainda não está disponível no YouTube.
 
Assim que estiver disponível eu posto aqui para vocês, ok?
 

16/07/09 - 22h12 - Atualizado em 16/07/09 - 22h12

Lei da adoção vai mudar no Brasil

A cada seis meses, a Justiça vai avaliar cada criança que vive em abrigo, onde só poderão ficar por dois anos. Depois, o juiz terá de decidir se ela volta para a família de origem ou vai para adoção.

A mudança de uma lei vai atingir muitos brasileiros. Especialmente, as 80 mil crianças e adolescentes que vivem em abrigos no Brasil, entre eles, 3,5 mil que estão à espera de uma adoção.
O número de pessoas interessadas em adotar também é muito grande, mas a própria legislação dificultava a formação de novas famílias. Na quarta, o Senado aprovou o projeto da nova lei de adoção, com muitas modificações.

 
Basquete é o esporte predileto de Binho. Ele veio morar num abrigo no dia em que fez quatro anos. Agora, já está com 11 e ainda espera por uma família.
“Com um monte de irmãos vivendo todos juntos. Mãe ajudando filho, pai, tia. Um ajudando o outro”.
A esperança com a nova lei é reduzir o número de crianças sem família. A partir de agora, a cada seis meses a Justiça terá de avaliar a situação de cada criança que vive em abrigo. Elas só poderão ficar em instituições por no máximo dois anos. Vencido o prazo, o juiz terá de decidir se ela volta para a família de origem ou é encaminhada para adoção.


“Nós, de pronto, ainda não temos uma estrutura suficiente, mas não há dúvida nenhuma que nós vamos correr atrás”, disse Antonio Carlos Malheiros, do Tribunal de Justiça de São Paulo.
A nova lei garante assistência jurídica para a mãe que quiser entregar o filho à adoção. A idade mínima para adoção caiu de 21 para 18 anos. Têm prioridade os parentes próximos como avós, tios e primos ou quem já tem contato com o menor. Em seguida, pessoas que vivem no Brasil; depois, brasileiros que moram no exterior e em último caso, estrangeiros.
A lei inova ao determinar que o menor seja ouvido pela Justiça depois de ser entregue a uma família substituta. E também garante ao adotado, quando completar 18 anos, o direito de ter acesso às informações sobre os pais biológicos, sem ter que entrar na Justiça.


E o que muitos juízes já determinavam agora virou lei: irmãos não podem se separar na adoção. “Nós podemos por exemplo obter o compromisso das pessoas que vão adotar as crianças em famílias separadas que mantenham o contato e que esses irmãos ainda mantenham os vínculos ainda que morando em casas separadas”, explicou o desembargador Francisco de Oliveira Neto.
Para reduzir de fato o número de crianças abrigadas, a assistente social Edileusa Santos acredita que, além da nova lei, é preciso uma mudança de postura de quem quer adotar. “Estou em busca do meu filho, não importa a idade, não importa a cor, não importa a raça”.

Aos 48 anos, a empresária Fátima Martelli adotou um menino há um mês. Ele tinha dificuldades de locomoção e agora já dá os primeiros passos. “Ele faz mais bem para a gente do que a gente faz para ele. Foi a melhor coisa que aconteceu nas nossas vidas”.

 

byeeeee

6 comentários:

♥Adilinha♥ disse...

OI linda tdo bem? saudades tem selinho do dia do amigo pra vc, passe
la. beijos, boa semana

vanielly disse...

Olá, adorei essa página...
adorei essa mudança em nossa lei, espero conseguir meu filho também.
preciso da ajuda de vcs, como faço pra me cadastrar para entrar na fila de adoção....
por favor se puderem me ajudar eu agradeço muito, pois o que eu mais quero é encontrar meu filho!
Obrigada

Letícia Godoy disse...

Oi Adilinha querida,
Vc tb estava sumidinha rsss.
Pode deixar que depois eu passo lá para pegar, obrigada.

Beijinhos no seu coração

Letícia Godoy disse...

Olá Vanielly,

Que bom que vc gostou do blog, volte sempre.
Tb torço que vc tenha seu filho rapidinho.
Qto a ajuda de como fazer para dar entrada no processo de adoção, já respondi seu e-mail e tb respondi no post "Menu - HELPPPPP", ok?

beijinhos no seu coração

Anônimo disse...

"Costumo usar uma frase que diz:...sejais como uma estrela que brilha e não como um comêta que passa e desaparece...
Sou Mãe de um dos alunos da escola da Grece (Autonômia do Ser-Pelotas/RS)e sempre digo a Grece que DEUS á fez e colocou a forma fora,ela é única em tudo que faz,assim como cada um de nós...
Mas como guerreira,batalhadora,esperançosa,amante da vida... recebeu a oportunidade DIVINA têr sua filha DUDA para mostrar a todos que quando se quer se vai adiante,quando não se quer,arrumasse uma desculpa...
quem AMA de verdade não impõe limites,entende que somos todos filhos do mesmo PAI!!!
A Grece é gente que faz,a vida ser diferente,mesmo que a vida lhe ofereça espinhos ela sabe dar valor aos botões de rosa que sempre vão surgir para dar aquele perfume especial a sua vida...
Beijos!!!!
Da Periquita (Laura S.Vieira)

Anônimo disse...

EU TB SOU FILHA ADOTIVA. HOJE SOU CASADA SOU MAE DE DUAS CRIANÇAS;;;A LETICIA COM 17 NEO RAFA COM 9 ANOS SOU UMA SUPER MAE. MEUS FILHOS SAO MINHA VIDA. MAIS EU TENHO O MAOIR SONHO DE CONHECER MINHA MAE BIOLOGICA. EU NAO JULGO ELA POR TER ME DEICHADO NO ORFANATO. PELO MENOS ELA ME DEU UMA SEGUNDA CHANCHE DE PODER VIVER.. BEIJOS. ROSANE AP EUZEBIO.

Postar um comentário

Blog Widget by LinkWithin
 
BlogBlogs.Com.Br
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios e Costumizado por Letícia Godoy