terça-feira, 21 de julho de 2009

Série 10 – Como Tirar Fralda, Chupeta e Mamadeira

Olá Amigos!!!

Mais um post da Série 10 para vocês, espero que seja bem útil.

Em relação a tirar a fralda noturna depois que já tirou a diurna, não espere muito tempo. se a criança já passou umas 3 ou 4 noites com a fralda noturna seca tire de vez, mesmo que de vez em quando aconteça de escapar.

É que quando eles aprendem a não fazer suas necessidades em fraldas, eles ficam condicionados, se ficarmos esperando para tirar a noturna eles acabam fazendo xixi na fralda a noite novamente. Isso aconteceu com meu filho, então o bom mesmo é tirar a diurna e a noturna.

adeus chupeta 

10 conselhos para a hora de tirar a fralda, a chupeta e a mamadeira

Monica Brandão e Tamara Foresti

1. Quando seu filho começar a avisar que está com vontade de fazer xixi, é hora de tirar a fralda diurna. Isso acontece por volta dos 2 anos.

2. Se a criança estiver na escola, é mais fácil aproveitar o momento em que os colegas estão passando pelo processo. Converse com o professor.

3. A preparação começa oralmente. Fale que, um dia, ele vai usar o vaso sanitário como você. Mostre a descarga, o papel higiênico.

4. Compre um redutor para o assento e, quando perceber que seu filho quer fazer cocô, corra para o banheiro.

5. Peça a ele que avise quando estiver com vontade de fazer xixi. Se ele demorar muito, tome você a iniciativa – às vezes as crianças ficam tão entretidas brincando que não percebem a vontade chegar.  mamadeira

6. Quando ele começar a acordar sequinho, é hora de tirar a fralda noturna. Não dê muito líquido à noite e faça-o fazer xixi antes de dormir. Vale levá-lo ao banheiro de madrugada, se for preciso.

7. A chupeta e a mamadeira devem sumir o quanto antes, pois podem trazer problemas dentários. Converse com seu filho, explique que você tem certeza (mesmo se não tiver...) de que ele vai conseguir ficar bem sem elas, que ele já está grande!

8. Se a chupeta é usada só à noite, tente trocá-la por um objeto de transição, como um urso de pelúcia.

9. Substitua a mamadeira por um copo com bico. Para os maiores, experimente um canudinho. tirando fralda

10. Para conseguir deixar fralda, chupeta e mamadeira, seu filho precisa muito de você, de sua criatividade e, principalmente, de sua paciência!

Fonte: http://revistacrescer.globo.com

 

Achei interessante esse textinho e resolvi postar aqui para vocês.

Dedicar-se  profundamente à descoberta do significado emocional da adoção simboliza a “gestação emocional” para o casal adotante - pai e mãe se preparam para receber o novo membro da família. Esse período de gestação simbólica propicia ao casal a oportunidade de conceber este projeto de vida, que envolve a escolha, a opção e a aceitação de um ser único, diferente na genética e tão igual na busca por ser eleito adotado; elaborar as motivações de cada um, os medos, fantasias e frustrações, assim como os sonhos e idealizações; produzir uma ação curadora e preventiva, que possibilitará um maior êxito na adoção realizada de forma madura. E ainda, que tal qual em um parto induzido, aquele cujo trabalho é provocado por meios instrumentais, este é induzido pela reflexão e auto-conhecimento, elementos fundamentais para esta forma de dar à luz a pais adotantes plenos, conscientes, e mais preparados para uma das grandes aventuras da vida: a parceria de pais & filhos.(Edna G. Levy)

beijinhoss

2 comentários:

Anônimo disse...

oi meu nome é kaliane ,e já não sei mais o que fazer para tirar a mamadeira do meu filho na madrugada o que fazer?

Ministério da saúde disse...

Olá blogueiro,

Dê ao seu filho o que há de melhor. Amamente!

Quando uma mulher fica grávida, ela e todos que estão à sua volta devem se preparar pra oferecer o que há de melhor para o bebê: o leite materno.

O leite materno é o único alimento que o bebê precisa, até os seis meses. Só depois se deve começar a variar a alimentação.

A amamentação pode durar até os dois anos ou mais.



Caso se interesse na divulgação de materiais e informações sobre esse tema, entre em contato com comunicacao@saude.gov.br

Obrigado pela colaboração!

Ministério da Saúde

Postar um comentário

Blog Widget by LinkWithin
 
BlogBlogs.Com.Br
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios e Costumizado por Letícia Godoy