quarta-feira, 8 de abril de 2009

SOCORROOOOOOOOOOOO!!!!

0,,18495773-EX,00

Bem vindos a seção HELPPPPP!!!!!

Como o próprio nome já diz esse espaço é para pedir socorro mesmo rsss.

Salvo os que estão adotando pela segunda vez, os demais são marinheiros de primeira viagem. Mesmo os que já tem filhos biológicos ainda não tem experiência com filhos adotivos.

Deixo claro que não estou falando que filhos adotivos sejam diferentes de filhos biológicos, mas eles tem sim suas peculiaridades, principalmente no período de adaptação.

Então os que já adotaram podem ajudar os que estão adotando. E quem já tem filhos também pode ajudar com algumas dicas em relação aos pequenos ou grandinhos também.

Também podem postar dúvidas referentes a qualquer assunto sobre adoção.

Se você está com alguma dúvida e não sabe como resolver “GRITE AQUIIIII” tenho certeza que sempre encontraremos um amigo disposto a ajudar e trocar experiências.

Utilize o campo “Comentário” para postar sua dúvida e ler suas respostas também, ok?engracadosmagia47

E lembre-se, é só GRITARRRRRRRRR!!!

46 comentários:

Anônimo disse...

Ola bom dia!! Tambem estou com meu processo de adoção a caminho amei demais esse blog e me emocionei muito com os depoimentos!!!!
Gostaria de mais ideias e informações a respeito da preparação da espera pelo bebe, pois já comprei muitas coisas e as vezes tenho medo de estar me precipintando.


Bjos
Grasiela

Letícia Godoy disse...

Olá Grasiela,

Seja muito bem vinda e obrigada por inaugurar esse espaço.
Vc já está habilitada? Qual é o perfil do seu filhotinho?
Se vc ainda não está habilitada pode estar se precipitando mesmo rsss. Eu sei que é dificil controlar a ansiedade, tb estou passando pela mesma situação que vc, mas é preciso controlar rsss. Não sei se vc viu que aqui tem listas de vários filmes e livros. Eu estou lendo Filhos do Coração da Regina Vaz, estou gostando muito.
Outra dica é cuidar do corpo nessa faze, fazer exercicios, além de aliviar a ansiedade ajuda tb no preparo físico para qdo os pequenos chegarem, pq precisa de preparo amiga e que preparo rsss.
Eu estou na academia, faço boxe e musculação, mas o boxe é meu prefiro. Não é luta não, é mais exercicios mesmo, muito bom eu recomendo.
Outros amigos tb devem postar aqui algumas idéias para vc.

beijinhos e volte sempre

Anônimo disse...

Letícia, eu sou sua chará e estamos passando por um processo de adoção consensual. No entanto hj fazem 45 dias que meu bebê foi levado para um abrigo e não posso vê-lo !!! Se vc tiver interesse o blog do meu filhote é http://ojoaoenosso.blogspot.com.

Adorei seu blog e vou utilizá-lo nas minhas pesquisas e tb passar informações sobre minha experiência !!!
Bjs
Letícia

Letícia Godoy disse...

Olá Letícia,

É vc está experimentando os riscos da adoção consensual. Já alertei algumas vezes por aqui sobre esses riscos.
O caso Sarah (que vc deve ter visto postado aqui) só foi postado a pedido de uma amiga que conhecia a família, e confesso q postei pq ainda estava no inicio do blog, hj provavelmente não postaria. Primeiro por não saber realmente as circunstâncias da adoção (não conheço essas pessoas pessoalmente), segundo, pq hj conheço muitassss pessoas que estão há anos habilitadas (6, 7 anos) a espere de um bebê e esse não chega por conta de adoções consensuais, de bebês que se quer chegam a lista do CNA. Terceiro, pq aqui tem todas as informações de como proceder para fazer uma adoção. Leia nesse link o que está acontecendo no caso Sarah http://www.omunicipio.jor.br/jornal/default.asp?PG=DETALHE&SEGMENTO_MENU=4

Leia e reflita

beijinhos no seu coração

Letícia Godoy disse...

Olá Letícia,

Inclusive se vc não chegou a ver o post sobre o caso Sarah, não verá mais. Aproveitei a deixa e exclui do blog pq a algum tempo esses dois posts sobre o caso me causavam um certo desconforto, não posso ir contra ao que acredito, o que certo, o que pratico. Concordo que em muitos casos o processo de adoção é moroso, mas aí tem muitas coisas envolvidas como falta de profissionais nos órgãos competentes, perfil escolhido, mas as etapas dos processos são necessárias para a preparação do adotante e para que ele seja aváliado por profissionais e posteriormente receba sua habilitação ou não.
Adoção é uma coisa muito séria e tem, e deve ser tratada como tal.

beijinhos

Anônimo disse...

Quando decidimos adotar pela consensual nao sabiamaos o quanto e dificil, pelo o menos no meu caso ainda nao tive nem aproximacao com nehuma crianca porque ai sim creio que e pior, porque voce ja sente que e seu filho e vem um juiz e o manda pra um abrigo porque cre que la ele estara melhor doque com um casal que ja aprendeu amar apesar de ter ficado pouco tempo com ele,acho tudo isto uma maldade,estou pedindo a Deus que tudo corra bem pra essas pessoas que vao adotar tenham um final feliz.

Letícia Godoy disse...

Anônimo,

Tudo que fazemos na nossa vida procuramos informações antes, não é? Eu pelo menos não faço nada de impulso, tudo q faço é bem pensado.
Na Adoção não é diferente, se vc vai fazer uma adoção precisa se informar sobre ela, se optar pela consensual procurar saber os riscos que corre. Se mesmo sabendo dos riscos vc decide encarar, então pague o preço e tenha sangue frio para isso.
Eu não tenho nervos para uma adoção consensual, então jamais correria esse risco.
Mas cada um faz suas escolhas.......

beijinhos

Anônimo disse...

Olá letícia boa noite!! amei esse blog e fiquei muito emocionada com os depoimentos!!! Bem gostaria muito de saber como posso tá me cadastrando para adotar uma criaça. Já tentei por váris vezes em outros sites fazer o cadastro mais não consegui porfavor me ajude. beijimmm!!!! Helpppppppppp

Letícia Godoy disse...

Olá Anônima,

Que bom que vc gostou do blog, estou sempre pensando ou buscando coisas legais, informações para ele, então volte sempre.
Qto a inscrição para habilitação para adoção, depende de qual estado vc mora. Se vc mora aqui no DF o site é esse http://www.tjdft.jus.br/trib/vij/vij_adot.asp
Se vc mora em outro estado veja neste link os sites dos fóruns e VIJs de outros estados. http://filhosadotivos.blogspot.com/2009/05/sites-juizados-e-vijs-no-brasil.html
É só clicar no estado desejado para acessar o site. Eu acredito que não são todos os estados que tem inscrições online, mas é só ligar para a VIJ da sua cidade que eles lhe informam como proceder. Neste link vc encontra os contatos das VIJs nas capitais http://filhosadotivos.blogspot.com/2009/04/contatos-varas-da-infancia-e-juventude.html
Como não sei se vc mora em capital ou interior, a principal dica é procurar o fórum o a VIJ mais próxima da sua residencia, eles vão lhe orientar.
Aqui na coluna da esquerda do blog, abaixo do meu perfil, vc encontra as "categorias" clique em "Informações para adoção" e terá passo a passo de como é feito todo o processo e todas as informações que vc precisa saber.
Espero ter lhe ajudado.
Beijinhosssss no seu coração

Anônimo disse...

oi Letícia!! vim te agradecer por ter me enviado os end: dos sites onde possível estarei fazendo o meu cadastro.. espero que eu consiga, bem eu moro em são paulo... estarei tbm me cadastrando no site dai de brasília quem sabe o meu tão esperado filho pode vim dai.BjoOoOoOoOoOoss muito obrigada!!!

Letícia Godoy disse...

Querida, as inscrições aqui só são aceitas para os moradores do DF, ok???

Boa sorte!!!

Anônimo disse...

O cadastro amplia a abrangência da consulta aos pretendentes, que só tinham a possibilidade de adotar crianças que morassem na localidade em que o pedido havia sido feito. Antes, para fazer uma nova tentativa de adoção em outro lugar do país, era preciso passar por novo processo de habilitação, com a apresentação de documentos, entrevistas com psicólogos e assistentes sociais e um parecer do juiz da vara da Infância e da Juventude. Agora, os pretendentes habilitados em uma localidade têm a chance de encontrar a criança com o perfil desejado em qualquer parte do Brasil.Amigaa!!!

Anônimo disse...

Boa tarde, meu nome é Marcos Cunha sou casado, tenho uma filha de 15 anos. Minha esposa não pode ter mais filhos e gostariamos de saber quais os passos que devemos seguir para uma adoção segura.

Letícia Godoy disse...

Olá Anônimo do dia 29/09, sua explicação foi perfeita.

Olá Marcos,
Seja muito bem vindo e que bom que optaram pela adoção. Marcos, leia a resposta que postei aqui em cima no dia 24/09, é exatamente a sua dúvida. O primeiro passo a ser tomado é ir até a Vara da Infância e Juventude(VIJ) mais próxima da sua casa e manifestar seu desejo pela adoção, lá vc receberá todas as orientações de como proceder.
Acesse os links que coloquei na outra resposta para pegar os contatos das VIJs mais próximas de onde vc mora. Se mesmo assim continuar com alguma dúvida é só perguntar, ok?
Volte sempre
beijinhos no coração

Anônimo disse...

Letícia, muito obrigado pelo breve retorno, vou acessar os links e verificar a postagem do dia 24. se caso sugir alguma dúvida te chamo.
Um forte abraço.
Marcos

Letícia Godoy disse...

Pode chamar mesmo Marcos.
Qualquer dúvida griteeeeeeeee rsssssss aqui ou por e-mail, vc escolhe.

Beijinhos no coração

Anônimo disse...

Olá pessoal!
Tenho uma dúvida. Tenho uma restrição (temporária) em meu nome e me informaram que enquanto eu não quitar esse débito não posso dar entrada nos papéis p/ adoção, isso é verdade?!
Obrigada.

Letícia Godoy disse...

Olá Anônima,

Sinceramente não sei lhe informar que tipo de problema essa restrição pode acarretar no seu processo de adoção. É pedido na documentação certidões de nada consta, se na sua consta restrição é melhor perguntar na VIJ da sua cidade.
Depois que vc obtiver a reposta da VIJ volte aqui e conte se tem algum problema qdo o candidato tem alguma restrição. Tenho certeza q é uma informação que outras pessoas tb gostariam de saber.

beijinhos no coração

Anônimo disse...

olá Letícia! moro em sp e consegui fazer o meu cadastro p/ adoção só ai em brasília já estou com uma palestra marcada. Bem eu gostaria de saber se tem como eu está transferindo para cá!!! por favor me ajude pois já tá chegando o dia da palestra. bjs é desde já muito obrigada.

Letícia Godoy disse...

Olá Anônimo,

Os cadastros feitos no site aqui de Brasília são só para moradores daqui. Vc precisa fazer sua inscrição na comarca perto da sua residência. Com o CNA não é aceito mais processos de outras comarcas.
No menu Informações, em cima do banner do blog, vc encontrará os contatos das VIJs por região, procure a mais próxima de sua casa e inscreva-se.
Vc conseguiu fazer a inscrição pelo site, mas não será aceita no decorrer do processo pq mora em SP, ok?

Beijinhos

Renata disse...

Olá!!!
Postei há alguns dias uma pergunta sobre uma restrição nonome que tenho e se poderia dar entrada nos papéis para habilitação.
Fui até a VIJ e lá me informaram que depende do Juiz, pois cada um pensa de uma forma, mas, que seria bom estar quitando primeiramente os débitos para poder protocolar, assim não correria o risco de um Juiz não aceitar e com isso eu ir ao fim da fila novamente.
Bem... se alguém tem (teve) uma dúvida igual a minha já está respondido.
Bjs a todos e logo logo estarei aqui dizendo que já estou "grávida" de um anjinho que Deus separou para mim!

Letícia Godoy disse...

Olá Renata,

Muito obrigada por vir aqui dividir as orientações que vc recebeu, muitos devem estar na mesma situação. É melhor estar com a documentação toda ok mesmo para evitar mais demora no processo.
Fico aqui na torcida querida, logo vc terá seu filhinho.
beijinhosss

Anônimo disse...

Boa tarde, Leticia em 02/10 fiz uma pegunta sobre adoção...Bom já dei entrada no processo no forum de jacareí, acontece que minha sobrinha me disse que tem uma amiga dela que esta gravida e que não quer a criança pois ela nçao tem condições de cuidar,amanhã estarei indo na casa dela pra conhece-la e iremos juntos a vara da infancia, o que vc acha...como devo proceder, tem alguma chance de sairmos de lá com a gurada provisória,
no agurado de seu retorno,
grato,marcos

Anônimo disse...

Boa Tarde! Tenho uma linda pequena de 2 anos, graças a Deus muito esperta e saldavel, estou precisando saber onde encontro o livros infantins sobre adocao. Tenho a relacao dos livros mas nao encontro para comprar, nem na net tenho conseguido. Se alguem puder me ajudar. Obrigado.

michelle_pires80@yahoo.com.br

Anônimo disse...

Olá,meu nome é Nathália moro em Brasília-DF..Adorei o site e estou depositando minha esperança no mesmo.
Meu namorado é adotado e ultimamente ele decidiu conhecer a mãe biologica dele. Eu tenho visto ele sofrer e ficar pensativo por alguns momentos e isso me dói muito,então decidi tentar ajuda-lo e percebi que essa é uma missao dificil. Pedi para os pais adotivos dele o CPF da mãe biologica e descobrimos que o nome dela é ROSETE BARBOSA(nome de solteira),mora no MARANHÃO e nasceu em MARÇO. Até um pequeno endereço eu consegui localizar,mandei uma carta no endereço mas nao obtive resposta.
Estou aqui para pedir um HEEEEEEEEELP,quem sabe com esse pedido alguem me ajude como puder. Quem sabe alguem conheça essa pessoa ou entao saiba de algum programa social que ajude filhos adotivos.
Caso alguem queira me dar um HELP pode me contactar pelo email: negamagalhaes0503@gmail.com
Agradeço desde já e creio que aindam existam pessoas boas que possam ajudar.
Obrigada.

Anônimo disse...

Estou muito angustiada. Ano passado acolhemos Miguel. No periodo do estagio de convivencia correu tudo bem. Estávamos felizes e ele também. Reorganizamos nosso lar estava tudo tranquilo. Então ele começou a me rejeitar. Nada que eu fizesse o agradava, prefiria qualquer pessoa a mim. Achei que fosse apenas uma fase, mas a rejeição aumentou a ponto dele se angustiar quando eu chegava em casa. Aquilo foi me irritando profundamente, já não tinha mais paciencia com a situação, o que acabou por causar atrito entre meu marido e eu.Tentei ajuda psicologica no COMP mas ainda estamos na espera. Pagamos uma sessão onde simplesmente contamos parte da história. Parece que nossos laços não se estreitaram. Às vezes parece que as coisas vão engrenar e de repente desanda tudo. O pessoal da VIJ só nos acompanhou até o trazermos definitivamente pra casa. Meu marido fala que não aguenta mais essA situação. Como que um filho vai conviver e crescer feliz com uma mãe que ele não suporta? E essa mãe vai conseguir amar essa criança que a rejeita? Não gostaria de iniciar um processo de devolução. Acho injusto com ele, pois já o chamamos por outro nome e ele gosta muito do pai e do irmão. Ao mesmo tempo também não acho justo que a harmonia de nossa familia seja abalada por essa insistência...
Uma luz por favor!

Renata disse...

SOCORROOOOOOOO
rsrs
Boa noite pessoal!
Daqui a 2 semanas estarei dando entrada no meu processo para adoção.
Aguardei durante muito tempo isso, pois da parte do meu marido ainda havia uma certa resistência, mas hoje, temos certeza do que queremos e agora é até ele quem me cobra para darmos entrada.
Nos papéis que peguei no Fórum, pede para que o casal vá no dia do protocolo para ter uma entrevista. O que exatamente é perguntado nessa entrevista??
Confesso que estou nervosa!!! rs
Futura mãe de 1ª viagem é assim né?!?!
rsrs
Bem... agora estarei sempre por aqui, lendo, informando quando necessário e questionando quando tbm for!!!
Grande bjs a todas.

Anônimo disse...

Boa noite.. Eu gostaria de ajuda .. eu me chamo Thais sou natural de POA/RS estou morando em Manaus/AM ..Bom estou dando entrada no papeis para obter a habilitação .. Eu foi a um abrigo para ter algumas informações sobre adoção.. e conheci uma menina muito adoravel com uma historia muito triste.. ela tem 8 anos e se chama vitoria ... e talvez não seja por acaso esse nome.. ela foi aliciada por sua propria mãe a um homem de 80anos.. ela foi abusada, estuprada e sofreu atentado violento ao pudor.. esse homem foi assassinado e ela estava presente no momento.. foi encaminhada a tutelar por meio de uma denuncia anonima.. ela não teve atendimento medico algum , não tem documentos e esta a dois meses aos cuidados do estado.. eu senti uma afinidade muito grande com essa menina que apesar de tudo o horror que viveu ela é tão querida e amorosa.. eu não posso ficar com ela .. o processo dela vai levar tempo .. ela nem tem certidão de nascimento.. eu vi que um meio para eu ajudar e dar um pouco de amor e atenção pra ela era fazendo parte do projeto de apadrinhamento afetivo.. eu levei todos os documentos, e foi marcado para eu poder levar ela pela 1ª vez pra casa para passar o fim de semana .. uma promotora foi a o abrigo um dia antes e proibiu o apadrinhamento e entrou com um processo contra o abrigo.. me sinto tão indignada.. o sistema não para de falhar com ela.. e comigo.. aqui na cidade de Manaus só tem 60 pessoas habilitadas a adotar e todas querem crianças de ate 5 anos.. brancas.. olhos claros...eu queria muito poder ficar com a minha indiazinha...o que posso fazer para mudar essa situação .. por favor me ajude com alguma orientação .. muito obrigado pela atenção thais.

Anônimo disse...

Bom dia Thais, te aconselho a procurar a Vara de Infância e Juventude da sua cidade e solicitar uma audiência em caráter de urgência com o juiz, tendo em vista que o apadrinhamento está previsto pela nova Lei da Adoção e só quem tem poderes de decisão sobre essa matéria é o STJ.

Um grande abraço e muita luz para vocês.

Ana Paula

Anônimo disse...

Querida Renata, da postagem de 25 de junho, desejamos toda sorte do mundo para você e seu marido, não se preocupe com as entrevistas, seja sempre verdadeira que tudo dará certo. Não deixe de nos dar notícias. E fique tranquila. Um grande abraço.

Ana Paula

Anônimo disse...

Querida Anônimo, de 25 de maio, posso imaginar a delicadeza dessa situação e como você deve estar se sentindo. Olha o melhor conselho é ter paciência e procurar, realmente, uma ajuda psicológica tanto para a família como para o Miguel. Acredito que essa rejeição pode ter uma origem traumática que poderá ser muito bem trabalhada por um profissional da área e poderá ajudar no reequilíbrio da sua família. Se você desejar poderei encaminhar o seu e-mail para alguns profissionais. Basta enviar um e-mail para blogfilhosadotivos@gamil.com

Um grande abraço e aguardo notícias.

Ana Paula

Anônimo disse...

Retificando:

blogfilhosadotivos@gmail.com

Ana Paula

Anônimo disse...

Thais, você também pode procurar a Delegacia de Defesa dos Direitos da Criança de Amazonas/
Manaus que fica nesse endereço:

Delegacia Especializada de Assistência e Proteção à Criança e ao Adolescente - DEAPCA-AM
Rua Lóris Cordovil, Nº 200 - Alvorada 1
69.040-000
(92) 3214-2288/3214-2289
deapca_gsilva@yahoo.com.br

E a Vara de Infância fica neste endereço:

Rua Valério Botelho de Andrade, s/nº, São Francisco, Cep: 69079-260, Manaus - AM
Tel:(92) 3611-4634

Beijos,

Ana Paula

Anônimo disse...

Oi

Assim como a Renata sou mãe gestante do coração, de primeira viagem.
Entramos com os documento na semana passada e a ansiedade é algo inexplicável, ainda não fomos nem chamados para a primeira entrevista e estamos no aguardo com muito entusiasmo e também angústia. Será que tudo dará certo?
Se depender do amor que já despertou em nossos corações pelo nosso futuro filho, não tenho dúvida que tudo será muito certo.
Mas as maiores angústias e dúvidas são:
Qdo será que veremos o nosso filho? Quando comunicamos as famílias? Como será a reação deste anjo?
Ufa....quanta ansiedade!
Realmente é como uma gestação, cheia de surpresas, novidades e ansiedades.
Adorei o Blog, certo que passarei por aqui ainda muitas vezes.
Grande abraço.
Aline

Talita Caraschi disse...

Nem sei como começar,semana passada conheci meu anjinho um bebê que foi abandona com +ou- um dia de vida em uma caixa de papelão na varanda de uma casa a venda,eu estava no hospital visitando um tio vou quando ele chegou todo roxinho,ainda na cx sujo de placenta seca,e com uma grande cordão umbilical,fui junto com a pediatra de plantão ali vi que era um garoto e como Amor a primeira vista falei que queria ele pra mim,ai ele foi para a maternidade eu não poderia ir mais junto então fui perto da enfermeira e lhe dei um bj e disse para ele vai com deus.No mesmo dia a já liguei para uma amiga do conselho tutelar mas ela estava de folga mas mesmo assim como trabalho em um shopping sai comprando roupas,fraldas,chupetas e leite NAN para meu (filho)pois era esse o sentimento que eu tinha,tenho um filho de 10 anos e nunca pensei em adotar ou ter mais filhos,mas minha vida mudou completamente no dia 08/10/2010.Desde então ia todos os dias no hospital mas as visitas foram proibidas o que me deixava muito triste a ponto de sair chorando eu levava fraldas e leite,e isso foi todos os dias.Quarta dei entrada no pedido de guarda e só no mês que vem vou poder fazer o curso e assim entrar na fila.Para minha tristeza maior a asssitente já me falou que tem 6 familias aqui da minha cidade cadastradas mas que eu não vou ficar com ele pois se não der certo com uma delas tem o cadastro nacional,estou me sentindo como se tivessem me arrancado o filho dos braços,hoje ele(Netto)como eu o chamo foi para uma abrigo e mesmo assim está proibida a visita,fui no hospital antes dele sair levei uma roupa linda,mas a assistente social do hospital não deixou disse que lá tinha roupas de doações e que ele iria sair com uma delas,novamente sai chorando juntei todas as roupas e levei ao abrigo deixei lá sua bolsa com tudo o que ele precisar neste momento mas só de saber que nem posso ve-lo...eu tenho um amor enorme por ele amei ele quando o vi,sem saber qual era seu estado de saúde,estou pedindo a deus que até o dia que eu estiver na fila ele esteje lá e que eu possa ficar com ele dar o amor e carinho que ele merece!Gostaria de saber se vc sabe de algum caso fora da fila que conseguiu adotar,por favor quero muito meu FILHO comigo minha familia esta sofrendo de ver meu sofrimento meu filho biologico pergunta quando vamos ver o irmão que DEUS enviou pra ele.Não quero ser melhor que ninguém mas nem sei como ele é pois só o vi quando chegou e o amo assim mesmo eu não o escolhi foi DEUS quem o colocou no meu caminho pois moro uma quadra da casa que ele foi encontrado.Alguém me ajude estou sofrendo muito sem poder tocar sentir seu cheirinho abraçar e passar meu amor o amor que eu sinto por ele!!!


Talita Caraschi 32 anos
Jaboticabal SP

Anônimo disse...

meu nome eh Viviane tenho 20 anos e sou casada a quase 3 anos, tenho um filho de quase 2 anos e gostaria de adotar uma menina, queria saber se p eu adotar tenho q construir um quarto somente p ela ou se ela pode dividir o quarto. na minha casa moram meu marido, minha mae, meu filho e eu. todos nos trabalhamos, minha mae e meu marido trabalham informalmente, mas eu sou cabeleireira e tenho uma empresa de credito pessoal, quero dar entrada no processo, dizem q na minha cidade nao demora mto, mas queria saber a questao do quarto antes de fazer o cadastro...

Vania Maria Costa Vieiera disse...

Como faço para conseguir um bebê para adoção, eu e meu esposo somos cadastradas no CNA, mas não tenho esperança de conseguir um bebê através desse cadastro, pois o perfil que desejo é muito procurado. Gostaria de acompanhar uma mãe que esteja grávida de uma menina e queira doar. Na minha cidade todas as adoções são desta forma, uma mãe que não quer o filho entrega para um casal que queira. Gostaria de arranjar uma assim, e que seja uma menina.Na minha cidade nós somos o único casal cadastrado. Vania - Icó-CE.

Anônimo disse...

Meu namorado descobriu recentemente que uma ex namorada esta gravida e que ele pode ser o pai da criança. Ela por sua vez dis que não tem condições de ficar com a criança e quer entrega-la. Minha pergunta é o seguinte: meu namorado depois de confirmada a paternidade pode pedir a guarda da criança e adotarmos ela legalmente? eu como mãe? Obbrigada.

lis disse...

Quero achar meu pai biologico e nao sei como. mim ajude?

Joana Cristina disse...

Olá,

Hoje fazem 02 dias que terminamos os procedimentos de entrevista junto a assistente social e psicóloga da VIJ objetivando a adoção de nosso(s) filho(s) e ambas deram parecer favorável a adotarmos. Eu e meu esposo estamos hiper felizes. E eu cada vez mais ansiosa. É difícil lidar com toda ansiedade da espera. Sabemos que o próximo passo será quando o juíz da infância e juventude mandar que nossos nomes sejam colocados no CNA.
Eu peço a Deus que a partir de agora não demore para a chegada do nosso(s) bebê(s). A qualquer hora podemos ser contatados para irmos buscá-lo(s). Puxa, não vemos a hora disso acontecer!
Decidi postar aqui, para dividir com vcs minha alegria, ansiedade e espera.
Um beijo e que Deus abençõe a todos!!!

Joana Cristina

Manoele disse...

Olá, Na verdade minha história é um pouco diferente, eu sou adotada, tenho 25 anos.
Fui deixada na porta de minha casa dentro de uma caixa de papelão com roupas, fraldas, leite e uma carta dizendo que eu era um presente de Deus e que eu tinha apenas 1 dia de vida...bom na época meus pais adotivos não conseguiam ter filhos e claro me adotaram, naquela época era mais fácil, foram até a delegacia fizeram a ocorrência e puderam ficar comigo daquele dia em diante mesmo com o processo de adoção em andamento, no final eles conseguiram ter filhos, tenho duas irmãs e foi através de uma delas que fiquei sabendo de minha história. Hoje sinto tratamentos diferentes, queria muito que fossem coisas de minha cabeça, mas não são. Bom isso não vem ao caso, eu gostaria muito de conhecer meus pais biológicos, cada dia que passa essa vontade aumenta ainda mais, hoje dia das mães e eu aqui chorando, desejando com todas as minhas forças estar com ela. Não sinto raiva nem nada por ela ter me abandonado aqui, queria muito saber o que aconteceu....tentei falar uma vez com minha mãe biológica sobre isso e ela não foi muito legal, me falou que se eu quisesse saber quem eram tudo bem, mas que se eu descobrisse que meu pai é meu pais mesmo ela se separaria dele...depois daquele dia nunca mais toquei no assunto...já não me dou bem com minhas irmãs imaginem se eles se separassem por minha culpa! Sem falar que nem sei se suportaria saber que todos esses anos eles sabiam quem era minha mãe e nunca me contaram....meu namorado me da apoio para descobrir quem são meus pais biológicos, mas tenho tanto medo, não quero magoar ninguém....não sei mesmo o que eu faço!

Anônimo disse...

Por favor, me ajuda a achar meus pais quero muito encontrar eles.. Não sei de nada do meu passado.

Anônimo disse...

oi td bem? meu nome È claudio tenho 31 anos sou de maceio al ,olha minha mãe nunca mim falou que sou adotado ate por que ela È muito conservadora e não gosta nem de falar sobre isso, mais so que desde pequeno escuto as pessoas falar que sou adotado minha cunhada mesmo mim falou que sou sim adotado mais so que, so maesmo minha mãe adotiva sabe quem são meus verdadeiros pais, nunca perguntei pra ela porque mim sinto mau em falar com ela sobre isso uma que nunca falamos sobre esse assunto! mais tenho muitaaaaaaa vontade de saber quem são meus pais verdadeiros, eu sou registrado no nome dos meus pais adotivos eu queria uma orientação como eu posso encontrar meus verdadeiros pais , agradeço muito! claudio

Anônimo disse...

ola!
meu nome é daniela e ha algum tempo tenho pesquisado sobre adoção, tmbm acompanhando seu blog, para ter certeza da minha decisão em dotar uma criança. porem, sou solteira e moro c minha mãe, mas td q tenho lido diz q o estado civil n é impeditivo p adoção, no entanto, essa n seria uma situação d maior espera? o processo de habilitação e avaliação seria o msm? gostaria tmbm d saber como seria o registro da criança, já q n teria um pai; e se o fato d morar c minha mãe tmbm n poderia acarretar maior dificuldade p a habilitação.
obrigada!
parabens pelo blog!

Fernanda Benitez disse...

Querida obrigada pela credibilidade ao Blog, não vejo impedimento Legal nenhum em vc adotar sozinha, tenho várias amigas e amigos que adotaram da mesma forma, e hoje estão com suas famílias completas, a avaliação é igual para todos!! Perante a Lei somos Todos iguais!!! Abraços Fraternos, Fernanda Benitez.

Fernanda Benitez disse...

Olá Claúdio, pelo vi que vc tem seu registro de nascimento, verifique onde vc foi registrado e se dirija a VIJ da comarca deste lugar (Vara da Infância e Juventude), hoje por Lei com 18 anos vc tem o direito assegurado por Lei de conhecer toda sua história! Agora seria interessante você conversar com sua mãe adotiva com cautela e manifestar este seu desejo, pois ela nunca deixará de ser sua mãe, mas você só quer conhecer suas origens!! Boa Sorte!! Abraços Fraternos Fernanda Benitez

Postar um comentário

Blog Widget by LinkWithin
 
BlogBlogs.Com.Br
TOPO
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios e Costumizado por Letícia Godoy